1. Caso você tenha lido “O amor é lindo” no titulo deste texto, eu não tiro a sua razão. O amor também é lindo!

    Mas como o assunto aqui é Marketing, você deve concordar comigo que não há nada de lindo em preparar uma campanha durante semanas, investir uma grande verba com publicidade, carro de som, peças de ponto de venda, promotores, etc…e na hora H, sentir que nada do que você fez deu resultado e que suas vendas não aumentaram.

    Isso acontece basicamente por causa de 2 fatores:

    1 – Você está comunicando no lugar errado.

    Seu público (no caso, os casais) estão acessando entrando no Google para procurar presentes, acessando o whatsapp pra falar com o(a) namorado(a), publicando fotos no Instagram, relembrando momentos no Facebook, e você continua anunciando naquela revista de bairro ou entregando folhetos de casa em casa.

    Nada contra este tipo de divulgação. Iniciativas assim com certeza ajudam, mas não podem ser suas únicas ações, quando 99,9% das pessoas passam grande parte do seu dia com seus celulares nas mãos acessando a internet.

    2 – Você está falando com o neocórtex e não com o límbico dos apaixonados.

                “É o queee?!”

    Se a frase acima pareceu grego pra você, muita calma que você já vai entender.

    Quando utilizamos argumentos racionais como “O preço despencou”; “30% de desconto para namorados”; “Compre um perfume e leve um desodorante”; etc., estamos utilizando argumentos racionais, atingindo uma área do cérebro chamada neocórtex, que é a área acionada quando, por exemplo, estamos fazendo um cálculo matemático.

    E tenho certeza que tudo o que você não quer é que o cliente fique fazendo contas na hora de decidir ou não comprar o seu produto ou serviço.

    Sendo assim, temos que atingir o sistema límbico do cérebro dos casais apaixonados, que é a área acionada quando sentimos alguma emoção como saudade, afeto, felicidade e, claro, quando nos sentimos apaixonados.

    Então vamos lá! Como atingir o sistema límbico? Como trazer à tona a emoção de alguém?

    Primeiramente entenda o seu público. Qual é o tipo de pessoa que consome o seu produto ou serviço? Como eles se sentem quando estão no seu estabelecimento? Como se sentem quando consomem seu produto ou serviço? Quais são os principais elogios que você recebe?

    A partir destas respostas você pode começar a identificar quais são os sentimentos que o seu produto ou serviço normalmente causa nos seus clientes e, a partir disso, pode explorar as características que causam estes sentimentos na sua comunicação.

    Se você tem um restaurante, por exemplo, e oferece uma carta de vinhos italianos diferenciada, num ambiente requintado, pode argumentar que oferecerá “Uma noite à la Veneza para os casais apaixonados” e preparar uma experiência musical e de atendimento temática italiana para o dia dos namorados.

    Quantos casais você acha que gostariam de ter essa experiência? Será que o preço seria o principalmente fator de escolha? Pode estar seguro que não. Afinal, comida italiana qualquer restaurante pode oferecer, mas “uma noite em Veneza”, só você.

    Já uma loja de presentes, por exemplo, ao invés de divulgar apenas ofertas, pode utilizar uma estratégia diferente. Além do embrulho tradicional, pode bonificar o cartão de presente e ainda ajudar aqueles menos inspirados com sugestões de frases ou poemas românticos.

    Com certeza essa loja será lembrada quando a pessoa amada abrir um sorriso ou derramar uma lágrima por causa do que foi escrito no cartão.

    Outra questão muito importante é a diversidade de configurações e definições de amor e de casais que temos hoje. Campanhas de divulgação em massa que abordem este tipo de assunto, como casais homossexuais, por exemplo, sempre geram polêmica. Então é sempre um risco ir por este caminho.

    Porém, com campanhas de marketing digital, sua empresa pode conversar com todos estes públicos de forma personalizada, sem gerar nenhum ruído no mercado e respeitando a individualidade de cada um.

    Também é preciso ficar atento à frequência da comunicação. Afinal de contas o que não falta nesta época é loja, restaurante, motel, agência de viagens querendo chamar a atenção dos casais.

    É preciso se certificar de que você está aparecendo uma quantidade de vezes suficiente e de forma criativa e chamativa, para despertar a atenção (e a emoção) do jeito certo e com a frequência ideal.

    E para o seu negócio, qual será a sua estratégia para encantar os casais apaixonados?

    Se ainda não sabe o que fazer e precisa de ajuda, conte com a LAMEGO MKT. Somos uma agência especializada em Marketing Digital e já atendemos empresas de todos os tamanhos em mais de 100 segmentos diferentes.